26 outubro 2017

# A Bíblia Diz # Garota Cristã

Quão grande é o teu problema?

Ignorem a escala dessa imagem, eu realmente quis fazer jus ao "grande" 
  
Você consegue ver esse menino franzino ali no campo? Ele está sentado em uma pedra lisa, enquanto toca a sua harpa, calmamente. Suas feições revelam paz interior e muita sabedoria, apesar da pouca idade. É difícil imaginar que um rapaz dessa estatura enfrentará no futuro um gigante que tem quase o triplo da sua altura.

Em outro plano você vê agora um jovem adulto, reconheça-o pelos seus traços. Apesar de não ser muito vistoso, ele transmite coragem através do olhar. Neste momento ele está em um campo de batalha, algo bem diferente do cenário no qual foi acostumado. Ele armado com uma simples funda, o “estilingue” da infância. Não é de se espantar que o próprio Golias tenha argumentado de forma irônica: “Por acaso sou um cão para que você venha contra mim com pedaços de pau?” (1 Samuel. 17:43). Era uma imagem interessante de se ver. É o mesmo que tentar matar um urso com uma pistola de água, ou derrubar uma árvore com uma faca de pão. Mas esse menino não parece nada preocupado, muito pelo contrário, parece até divertido com a ideia de que o gigante possa julgar-se um vencedor.

Mas quem é esse menino? E o que ele que truques ele esconde na manga?

Bem, o seu nome acho que já é conhecido por muitas gerações posteriores à dele. Ele é Davi, filho de Jessé, um homem efrateu, de Belém de Judá. Apesar da sua estatura e físico, a sua força concentra-se em algo mais, muito além de músculos e boas técnicas de guerra. Aliás, naquele momento, o jovem Davi sequer possuía uma armadura, pois a que tentara usar (do rei Saul), ficara bem maior que o seu corpo. Não seria possível mover-se para além da porta se desejasse sair com ela.

Por isso ele foi como desejou, sem impedimentos, sem armas fortes de guerra, mas com o coração cheio de uma confiança em Deus, o que com certeza superava qualquer arma. Mesmo quando todas as circunstâncias disseram não, e literalmente riram do pequeno Davi, ele ousou responder à altura:

“Davi respondeu: Tu vens contra mim com espada, lança e escudo; eu, porém, vou contra ti em nome do Senhor dos exércitos, do Deus das fileiras de Israel, que tu insultaste.” (1 Samuel., 17:45)
Eu tenho imaginar como estava o coração daquele jovem. Davi tinha cerca de vinte e três anos quando enfrentou um dos seus maiores desafios. Mas você pensa que ele se deixou levar pelo tamanho daquele gigante?

Fico me perguntando como eu agiria naquela situação. Na verdade, podemos muito bem contextualizar para os nossos dias de hoje. Quantas vezes nos encontramos cara a cara com um gigante horrendo? Esse gigante pode assumir qualquer aparência, de acordo com os seus receios e desafios que enfrentamos em nosso dia-a-dia. O meu gigante pode não ser igual ao do meu irmão, mas certamente ele me amedronta tanto quanto o dele o amedronta.

Em meio ao seu desespero, sua fé pode querer fraquejar, deixando a sua visão turva, aumentando ainda mais o tamanho do seu problema. Mas você não pode deixar que ele se torne maior do que seu Deus! Essa é a regra de ouro. (Leia de novo o que está em itálico.) Espere, mas não se desespere, seja humano, mas não esqueça de quem está lhe sustentando.

Deus conhece a nossa situação, e reconhece que somos pó, por isso em sua palavra podemos ler 366 vezes (abrange até os anos bissextos), "não temas". É literalmente um "acalme-se, respire", por dia!
Coloque-se no lugar de Davi. Ele certamente estava com os joelhos bambos vendo aquele ser que parecia tocar o céu com os seus cabelos; mas ele não fugiu. Sua confiança em Deus é grande o suficiente para enfrentar o gigante que te aflige sem fugir, envergonhado(a)/amedrontado(a)?  
Ouvi dizer certa vez que não confiar plenamente em Deus é o mesmo que duvidar de seu poder. Você pode entender o peso dessa afirmação? Por mais que o seu gigante pareça maior que tudo aquilo que você já enfrentou até agora, por mais que ele ameace te esmagar com a ponta do dedo mindinho, por mais que tudo pareça estar às portas do fim......encha o peito com orgulho e diga em alto e bom som, "eu vou contra ti em nome do SENHOR DOS EXÉRCITOS".
Você é fraco? Ele é forte (Is. 9:6). Você não pode resolver? Ele é Onipotente! (Sl. 91:1). Ele peleja por nós, e nos deixa sem palavras para descrever o seu agir! (Êx. 14:14)
Abra um sorriso largo e glorifique a esse Deus maravilhoso! O seu gigante pode ser "do tamanho do mundo", mas você serve ao "Deus dos exércitos de Israel"!!!  
INSTAGRAM   //   FACEBOOK   //   TWITTER

Sem comentários:

Enviar um comentário

1- Leia antes de comentar;
2- Comentários spam ou com palavrões serão excluídos imediatamente;
3- Deixe o link do seu blog no final do comentário para que eu visite;
4- Anônimos podem comentar, mas deixe o nome no final do texto, por favor. :D

Seguidores