16 julho 2017

# Resenhas

Resenha: Orgulho e Preconceito - Jane Austen


Oi oi gente linda! Estou aqui mais uma vez para apresentar mais uma de minhas leituras. Quem me acompanha no instagram sabe que eu sou "a louca dos livros", estou sempre postando trechos e mostrando a leitura do momento. O fato é que eu realmente amo ler, acho que já ficou bem claro para qualquer pessoa que me conheça minimamente. Isso torna a tarefa de escolher o meu livro preferido cada vez mais difícil, porque sempre aparece um que deixa a gente sem fôlego e tira o sono durante um bom tempo, não é? Ainda assim, ouso dizer que Orgulho e Preconceito é um dos meus preferidos. Vamos à resenha?

ORGULHO E PRECONCEITO, Jane Austen
 
Número de Páginas: 448 
Editora: Landmark
Classificação: 5/5

O romance retrata a relação entre Elizabeth Bennet (Lizzy) e Fitzwilliam Darcy na Inglaterra rural do século XVIII. Lizzy possui outras quatro irmãs, nenhuma delas casadas, o que Sra. Bennet, mãe de Lizzy, considera um absurdo. Quando Sr. Bingley, jovem bem sucedido, aluga uma mansão próxima da casa dos Bennet, Sra. Bennet vê nele um possível marido para uma de suas filhas. De fato, ele parece se interessar bastante por Jane, sua filha mais velha, logo no primeiro baile em que ele, as irmãs e o Sr. Darcy, seu amigo, comparecem. Enquanto Sr. Bingley é visto com bons olhos por todos, Sr. Darcy, por seu jeito frio, é mal falado. Lizzy, em particular, desgosta imensamente dele, por ele ter ferido seu orgulho na primeira vez em que se encontram. A recíproca não é verdadeira. Mesmo com uma má primeira impressão, Darcy realmente se encanta por Lizzy, sem que ela saiba do fato. A partir daí o livro mostra a evolução do relacionamento entre eles e os que os rodeiam, procurando apresentar também, desse modo, a sociedade do final do século XVIII.

Minha Opinião: Essa é uma das poucas histórias que conheci através do filme. Quem me conhece sabe que a minha preferência pelos livros não é de hoje. Orgulho e preconceito me acompanha já há algum tempo. Não me lembro da primeira vez que ouvi falar de Jane Austen, nem como começou esse amor pelos livros dela, mas a verdade é que ela conseguiu marcar minha existência com seus livros.

Orgulho e preconceito é um daqueles romances super leves, apesar de utilizar muitos termos do português mais formal. Não se sinta mal se algumas palavras escaparem à sua compreensão, acho que as melhores versões são as que levam o inglês ao pé da letra, e essa versão bilíngue ficou como a minha predileta. É bom estar sempre com um dicionário ao lado e procurar o significado de alguns termos mais complexos, mas não deixe de ler!

Lizzy e Mr. Darcy tem feito parte da história de muitas adolescentes e jovens, por ser sensível e inteligente. Ouso dizer que até muitos rapazes acabam se rendendo à escrita charmosa de Jane Austen. Ela nos leva a refletir sobre o verdadeiro amor, simples e sincero. Não necessita de presentes caros e manifestações públicas, mas subsiste mesmo nas maiores tempestades. Ele existe sim, senhor. A sociedade de hoje em dia é que não o procura...

Esse com certeza é um livro (e filme) que vira o seu mundo do avesso.

Melhores Citações:

"---- Em vão tenho lutado comigo mesmo; nada consegui. Meus sentimentos não podem ser reprimidos e preciso que me permita dizer-lhe que eu a admiro e amo ardentemente." - Mr Darcy 

"Havia naquele momento, no espírito de Elizabeth, um sentimento de benevolência para com o atual proprietário de Pemberley, como jamais tivera no período em que melhor o conhecera."

"Se Elizabeth tivesse podido levantar os olhos, teria visto que a felicidade de Darcy se refletia no seu rosto, infundindo-lhe uma admiração que o tornava belo."
Como desejo que vocês passem bons momentos nessa maravilhosa leitura, não darei qualquer spoiler, e espero poder ouvir de muitos que amaram o livro e se interessaram pela escrita de Jane Austen! Deus vos abençoe!

INSTAGRAM   //   FACEBOOK   //   TWITTER

1 comentário:

  1. "Ouso dizer que até muitos rapazes acabam se rendendo à escrita charmosa de Jane Austen".
    Fato. Um Livro Incrível.
    A linguagem é realmente difícil, as vezes, mas em compensação a história lhe prende e você quer saber o que acontece, e as horas voam... épico. Um livro amado por nós rapazes. Kkk
    Bruno amorim/instagran.

    ResponderEliminar

1- Leia antes de comentar;
2- Comentários spam ou com palavrões serão excluídos imediatamente;
3- Deixe o link do seu blog no final do comentário para que eu visite;
4- Anônimos podem comentar, mas deixe o nome no final do texto, por favor. :D

Seguidores