20 dezembro 2015

# A Bíblia Diz # Garota Cristã

Porquê devemos ser como uma criança?


Aguarde o vento passar, a tempestade amansar, o sol brilhar e tudo voltar ao seu lugar. Só então levante os seus olhos e tente avaliar os estragos que porventura surgiram enquanto as correntes de ar insistiam em derrubar o seu mundo. Perceba que mesmo após toda a ventania, tudo pôde ser substituível, mas algo não mudou, nunca mudará. O terreno em volta do seu corpo está completamente destruído, marcado pela mão sem clemência de uma natureza em polvorosa. Mas você está aí, tentando perceber como escapou de tudo isso ilesa, como conseguiu passar impune.

Muitos podem não conseguir ver, pois querem enxergar com os olhos materiais coisas que só os espirituais podem captar. Mas uma mão continua, perpetuamente, sobre a tua cabeça, impedindo que qualquer destroço te afete. Claro, o vento soprar em seu rosto, levantar uma nuvem de poeira e magoar os seus olhos, no processo. Todavia, o cuidado divino não se apartará de sua companhia.

Não há melhor exemplo a ser utilizado nesse momento, senão o de Jó. Por mais complicada que a sua situação esteja, eu posso ter a certeza, desde já, que não se pode comparar ao que esse servo de Deus passou. Ele pecou? Não. Ele desagradou de alguma forma a Deus? Não. Mesmo assim, ele não negou ao seu Senhor. Foram tantos os embates que surgiram no seu caminho em menos de um dia, que provavelmente nós, no lugar dele, não suportaríamos. Mas ele confiou em Deus.

"Ainda que Ele me mate, nEle esperarei; contudo, os meus caminhos defenderei diante dEle." (Jó. 13:15)

É maravilhoso ver um nível tão poderoso de fé em Deus. Jó tinha plena consciência de que o Senhor poderia tirar a sua vida a qualquer momento, nada o impediria, a vida sempre esteve em Suas mãos. E mesmo assim, sabendo que poderia enfrentar a morte, ele confiava.

Estou lendo um livro muito interessante, que vocês provavelmente leram algumas passagens na página do blog no facebook, ou no meu perfil. "Quem é Jesus?" de Ravi Zacharias é uma leitura extremamente prazerosa, que nos leva por caminhos que beiram a nova espiritualidade que está sendo pregada nos últimos tempos, erroneamente. Não quero entrar em muitos detalhes sobre a obra, para já, porque pretendo fazer uma resenha sobre ele assim que terminá-lo.

Mas posso dizer que em determinado momento, o autor começa a discursar sobre o grande amor que Jesus tinha pelas crianças. Você pode estar pensando que eu estou saindo do tema original do post, mas eu estou fazendo uma base para chegar ao ponto que desejo. Ravi menciona o texto de Lucas. 18: 16,17 quando Jesus afirma que, quem não se tornar uma criança, não herdará o Reino de Deus. Mas o que isso quer dizer?

Ora, uma criança confia mesmo quando não vê. Ela acredita nos pais quando eles afirmam que lhe darão um presente, se ela for uma aluna aplicada; ela confia na segurança dos pais quando corre para o quarto deles após um pesadelo. Uma criança confia sem questionar, ela aceita, porque sabe que aquelas duas pessoas que colocaram ela no mundo, são dignas de sua confiança.

Da mesma forma Deus quer que nós sejamos. Mesmo que tudo esteja parecendo um caos, que todas as investidas já tenham sido feitas e programadas para impedir o seu desenvolvimento, confie nEle. Esperar é tão difícil, não é? Mas faz um bem tão grande, sabia? Eu definitivamente não sei o terremoto pelo qual você está passando, não sei a tormenta que você está atravessando. Mas veja essa mão te sustentando a cada passo, uma forte mão te ajudando a cada nova fase, e dizendo: "Já está no fim, a manhã já vai raiar." Que Deus te abençoe.

5 comentários:

  1. Fui abençoada de uma forma pelas suas palavras! Deus abençoe!

    ResponderEliminar
  2. Os teus textos Hayanne é muito motivador, Deus permaneça te inspirando por meio do Espírito Santo. Ah..to ansioso pra ler a resenha desse livro, deve ser ótimo!

    ResponderEliminar
  3. Tenho um vídeo dos Gaithers, que um dos cantores conta que foi explicar à filha dele que a mãe dela estava com câncer, que era sério e tals. A menina virou pra ele e disse: Papai está se preocupando demais... Se Jesus cuidou da vovó (que também teve câncer), ele vai cuidar da mamãe também.
    Crianças... essa deve ser a fé que precisamos ter. Deus nos acrescente essa fé todos os dias!
    Feliz Natal!

    ResponderEliminar
  4. Os teus textos Hayanne são espirado pelo espirito santo alem de comenta sobre texto que comenta que os seguidores de cristo precisa exclusivamente haver coração de criança porque sabe perdoar de verdade.

    ResponderEliminar

1- Leia antes de comentar;
2- Comentários spam ou com palavrões serão excluídos imediatamente;
3- Deixe o link do seu blog no final do comentário para que eu visite;
4- Anônimos podem comentar, mas deixe o nome no final do texto, por favor. :D

Seguidores