28 outubro 2015

É como esperar um ônibus...


Esses dias estava esperando o ônibus para a faculdade, esperei por tanto tempo que precisei formular algum entretenimento (gratuito) da minha mente para ela própria. Achei interessante pensar naquela famosa conversa sobre esperar. É, quem me segue no instagram sabe que eu persisto constantemente na mesma tecla, acho que repetindo uma mesma informação, posso convencer outras pessoas de que esse é o melhor caminho. Ou até me lembrar do quanto vale a pena.

Me achei uma "filósofa da vida" por ter encontrado uma analogia que acabasse encaixando bem com a temática que está sendo discutida com alguma frequência nas redes sociais, faculdade, escola, trabalho...tem sempre alguém que defende essa ideia, maravilhosa, por sinal.

Esperar em Deus é como esperar um ônibus, sabe? Não sabemos realmente quando ele vai passar, só temos uma previsão, e mesmo ela acaba se contradizendo, não é? Quem usa aplicativos para facilitar a vida, sabe do que eu estou falando. É um aprendizado, aquele tempo que você passa olhando para o nada, tentando escutar de longe o motor ou o freio que anunciará o tão ansiado transporte público. É um momento de reflexão, em que finalmente conseguimos estar a sós com nossos próprios pensamentos. Quer dizer, isso se não estiver mais ninguém interessado em conversar. Dois não conversam se tiver apenas um na parada. É o que eu sempre digo...

Aguardar a chegada do ônibus é mais do que ficar em pé olhando para o horizonte de onde ele aparecerá. É descansar e saber que se passar, passará bem na sua frente, sem stress. Claro, é bom vigiar através da visão periférica, não é bom perder a oportunidade quando esta está praticamente em baixo do seu nariz. Será que isso se aplica à vida real? Vamos ver...

Por diversas vezes você verá que o transporte do seu vizinho vai chegar, o do seu amigo, do seu conhecido, da sua colega, do padeiro da esquina, da senhora que passou naquele dia perto da sua casa...aos poucos todos sairão da parada, menos você. O que fazer nesse momento? Voltar para casa não dá, certo? Talvez procurar um táxi, mas aí fica bem mais caro, e não compensa tanto procurar um atalho ao meio convencional só por medo (ou frustração) de esperar mais um pouco. Sua única chance é aguardar. Nem adianta reclamar, porque o motorista não vai te ouvir, sabia? É provável que ele nem te conheça, mesmo sabendo que você estará ali, esperando.

Na verdade essa é uma parte complicada de explicar, já que o motorista não sabe quem estará na parada, apesar de saber que estará alguém quando fizer a curva e passar pela trilha habitual. Talvez ela(e) nunca tenha aparecido naquele horário, o que concede-lhe um estatuto de turista, desconhecido(a) estranho(a) que apareceu do nada.

Esperar ainda é um mistério que poucos souberam e sabem desvendar. Qual o segredo? Não tem segredo, o erro é achar que há mais do que descansar e viver. Na ansiedade de ter sempre em que pensar, e tentar resolver tudo com as próprias mãos, às vezes tropeçamos na vontade do Criador e tentamos fazer do nosso jeito. Espere um pouco, mas quem dirige aqui o ônibus? É o viajante ou o motorista?

Agora faça o favor de relaxar esses músculos tensos e apreciar a música que toca suavemente enquanto o ônibus não chega. E mesmo que você pense "Ah, mas está atrasado...", em algum relógio ele está na hora certa. Da mesma forma é com os assuntos divinos, o "relógio" dele não é sincronizado com o nosso, e não é por isso que ele está atrasado ou adiantado, só tem o seu próprio tempo, o tempo determinado. Se ele chega? Ah, se chega! Cada dia a mais é um dia a menos. Compreende? ;)

2 comentários:

  1. Ah que Lindo Hay, nunca pensei assim :D gostei!
    www.byanak.com.br

    ResponderEliminar
  2. Itajubá Assunção02/11/2015, 22:19:00

    Me identifiquei com o texto, em relação a espera do ônibus da faculdade kkk
    Muito sabedoria neste texto "procurar um táxi aí fica bem mais caro, e não compensa tanto procurar um atalho ao meio convencional só por medo (ou frustração) de esperar mais um pouco. Sua única chance é aguardar" Gostei muito, parabéns Hayanne.

    ResponderEliminar

1- Leia antes de comentar;
2- Comentários spam ou com palavrões serão excluídos imediatamente;
3- Deixe o link do seu blog no final do comentário para que eu visite;
4- Anônimos podem comentar, mas deixe o nome no final do texto, por favor. :D

Copyright © 2015 | Design e Código: Sanyt Design | Tema: Viagem - Blogger | Uso pessoal • voltar ao topo