03 agosto 2015

De onde vem a felicidade?


A noite cai lentamente sobre a cidade. Pais regressam para o abraço dos filhos, jovens descem exaustos de ônibus lotados, e as pistas congestionam com o movimento noturno. A vida começa quando o dia termina.

Você chega em casa, joga os livros e a bolsa em cima da cama, e corre para a cozinha em busca de um copo d'água fria para acalmar a mente. Foi um dia especialmente quente, e seu desejo mais urgente é abrir o freezer e arrumar um jeito confortável entre os cubos de gelo e sacos de comida congelada. É só mais um dia na sua rotina, mais um número que foi riscado no seu calendário.

O sofá parece chamar o seu nome, então você deixa cair todo o peso do seu corpo sobre a almofada macia. Aprecie esse abraço inanimado. Quando o dia dá seus últimos suspiros, milhões de idéias parecem infestar sua mente. "O que estou fazendo de extraordinário na minha vida?"; "Estou sendo uma boa cidadã? Uma boa vizinha? Estou sendo um exemplo de cristã?"

Não devemos dar espaço para dúvidas, mas praticar todos os dias o melhor que queremos e podemos ser. Quer dizer, não é como apertar um botão e receber novas características em segundos...é uma questão se esforço e tempo.

De repente você se vê com 30 anos, vivendo na sombra da garota animada e determinada que fora, um dia. Deixou que a rotina, os problemas e as dificuldades do dia-a-dia afetassem sua convivência consigo mesma, e com os outros.

A casa está vazia e silenciosa, como tem estado há quase seis anos. Você se fechou sobre si e impediu que qualquer pessoa derrubasse esse muro de pedra que construiu ao redor de sua emoção. Convenhamos, a vida tem suas manhas, mas é essencial que tenhamos as cicatrizes, como lembrança de acontecimentos passados, lembranças de superação. Além disso, elas indicarão sua maturidade, e mostrarão suas experiências.

Você enfim percebe tudo o que deixou para trás; o que deixou de dizer, fazer e enfrentar. Você descobre que, para viver, muitas vezes ficamos na linha de risco, mas que é necessário arriscar para compreender.

Tantos anos se passaram, até que sua mente deixou penetrar um pouco da luz do sol no terreno úmido e escuro que é o seu coração.

Não mantenha apenas os olhos abertos, mas veja; em vez de só escutar, compreenda; não ande com passos trôpegos e sem sentido, mas aprecie a caminhada.

Sinta, veja, ame, sonhe, permita que seus sentidos encontrem as belezas que te rodeiam. Não tenha medo de sorrir, de dar uma passadinha no espelho e dizer que é linda; não tenha medo de fazer novos amigos, conhecer outras pessoas, de conversar, gargalhar, de se apaixonar...a vida é feita de emoções. Sentir é viver.

E você vai ver que não é tão difícil ser feliz. Que não é a nova marca de cosméticos, ou o iogurte que emagrece, ou todos aqueles produtos que a publicidade faz parecer perfeitos; a felicidade já vem dentro de você, sua função é cultivá-la diariamente, e não deixá-la murchar.

1 comentário:

1- Leia antes de comentar;
2- Comentários spam ou com palavrões serão excluídos imediatamente;
3- Deixe o link do seu blog no final do comentário para que eu visite;
4- Anônimos podem comentar, mas deixe o nome no final do texto, por favor. :D

Copyright © 2015 | Design e Código: Sanyt Design | Tema: Viagem - Blogger | Uso pessoal • voltar ao topo