10 junho 2015

# A Bíblia Diz # Maratona Dia dos Namorados

[#5 Motivos] para fugir do "ficar"


Olá gente linda de Jesus! Fiquei muito feliz com a repercussão do primeiro post da #MaratonaDiadosNamorados que foi publicado ontem. Sinceramente, eu estava pensando como vocês reagiriam ao título tão sugestivo, mas resolvi arriscar. Hoje é o segundo tema que iremos abordar, e eu resolvi logo de cara comentar sobre algo que realmente me incomoda, principalmente nos dias que antecedem o dia dos namorados.

O ficar já teve outros nomes: namorico, flerte, paquera. Todos com o mesmo significado, que é um namoro por pouco tempo, amizade colorida, distração amorosa com várias pessoas. Essa expressão foi criada mais ou menos a partir da década de oitenta, e como todos sabem, é completamente diferente da noção que temos sobre namoro.

"Mas é tão normal, todo mundo já ficou, pelo menos uma vez." Em primeiro lugar, aposto que não é realmente todo o mundo que faz isso, não generalize nada para obter vantagem. Outra coisa, a famosa frase de mamãe e papai: "Você não é todo mundo" pode ser facilmente encaixada aqui. Você acha que todo o mundo serve a Deus? Se isso fosse verdade, nem estaríamos na terra, não haveria quem evangelizar, nosso trabalho de pregar o evangelho a toda a criatura estaria terminado.

Mas o que Deus acha sobre ficar? Hoje o tema é polêmico, mas o meu desejo é ensinar aquilo que a bíblia diz e mostrar à juventude (não por força, nem por violência), o porquê de rejeitar o modelo de "namoro" do mundo. Vamos dar início aos 5 motivos para não "ficar".


1- Nosso corpo é templo e morada do Espírito Santo


Vamos conferir no livro de 1 Coríntios: 6:19:
"Será que vocês não sabem que o corpo de vocês é templo do Espírito Santo, que vive em vocês e lhes foi dado por Deus? Vocês não pertencem a vocês mesmos, mas a Deus, pois Ele os comprou e pagou o preço. Portanto, usem o seu corpo para a glória dEle."

Nessa passagem o apóstolo Paulo instrui os crentes de Corintos a cuidarem do seu corpo e valorizá-lo pelo que ele é, e por quem ele possui: o Espírito Santo de Deus. Ora, se Deus é Santo (1 Pedro.1:16), então devemos sê-lo, também. Não somos perfeitos, e nunca seremos. Somos pecadores, mas devemos procurar a santidade todos os dias. (Apocalipse. 22:11)

Ao adotarmos o "esquema" de namoro do ficar, estamos desobedecendo a esse conselho. Devemos usar o corpo para a glória de Deus. Será que adoramos ao Pai praticando algo assim? Deixo a pergunta no ar.


2- Nós temos um valor incalculável aos olhos de Deus


"Até os cabelos da cabeça de vocês estão todos contados. Não tenham medo; vocês valem mais do que muitos pardais!" (Lucas 12:7)

Nossa! Você saberia dizer o número exato de fios de cabelo que a sua cabeça tem? E dos seus pais? Nem eu...é muito tempo perdido (sem contar que todos os dias devem cair dezenas deles). Mas veja só, Deus sabe exatamente a quantidade de fios de cabelo que você possui! E não só os seus, mas de outros bilhões de seres humanos que povoam a terra. Não é maravilhoso?

Você pode imaginar o quanto Deus te ama? Ele te conhece mais do que ninguém, e valoriza seus sentimentos, tristezas, preocupações. Deus é o nosso primeiro amor, e o amor divino é incondicional, compromissado e preocupado. Portanto, porque procurar alguém que só quer se aproveitar e "passar um tempo" conosco, sem intenções de valorizar o trabalho perfeito que Deus tem feito em nossas vidas? Ninguém merece essa permissão.

3- "Ficar" é o oposto de amor verdadeiro


Antes de tentarem me atacar com o que tiverem perto, deixem que eu explique. Se ficar é uma espécie de "distração amorosa", você acha mesmo que é amor? Aí você ouve o argumento de praxe: "Não é nada sério, nós precisamos nos conhecer primeiro, saber mais do outro, para decidirmos se vale a pena iniciar um namoro de verdade". Uau! Quero chamar as românticas de plantão para analisar esse comentário comigo. rsrs

Antigamente os sentimentos eram bem mais valorizados. Ainda que fossem mais uma "paixãozinha", um "amor à primeira vista", as pessoas simplesmente se conheciam conversando. Um passo de cada vez, fazendo uma festa a cada nova conquista. Mas a partir do momento em que essas relações se tornaram mais intensas, e mais curtas, descobrimos que o valor de um amor duradouro e verdadeiro caiu demais!  Nós, os românticos incuráveis, estamos em vias de extinção!

Foi com uma tristeza imensa que ouvi uma amiga minha dizer que não queria se casar cedo. Mas sabe qual o argumento dela? Queria curtir "a vida", ainda queria ter muitos namorados...e quando estivesse perto dos 50, se casaria e manteria uma vida mais calma. Fiquei tão chocada que preferi nem comentar, para não chorar. kkk Daí você vê como as coisas estão.

Mas como eu disse lá no início, não vamos generalizar. Tenho muitos amigos fora da igreja, que nunca receberam uma educação nesse sentido, mas que têm um relacionamento forte e compromissado.

4- Se você ama, você quer ficar para sempre ao lado daquela pessoa


Não é para isso que serve o namoro? Conhecer antes de dar o "passo decisivo" que é casar? Um dia desses postei uma frase no meu Instagram que tem muito a ver com o tema de hoje:

"O relacionamento é consequência da amizade, conversa, de conhecer alguém e entender que aquela pessoa é tão agradável que você gostaria de passar toda vida ao lado dela!"

É uma frase belíssima, que muitas vezes é repetida, mas de boca para fora. Quando é amor, nós não queremos nos separar nunca mais daquela pessoa, por isso é que a promessa feita no casamento termina "até que a morte nos separe". Porque, se é amor, a única coisa que pode separar os dois é a morte, a única inevitabilidade da vida.

Desse modo eu posso entender que o "ficar" é usar os sentimentos de alguém ao seu favor. "Ah, mas nenhum dos dois ama o outro, nós só simpatizamos". Mas isso é pior! Vocês estão entregando o vosso bem mais precioso (o corpo), para alguém que irá usá-lo hoje e esquecer amanhã? Você acha que merece esse tratamento? Já vimos o quanto Deus nos ama e te valoriza, e quem pode nos tratar de outra forma?

Namore para casar. E se não quiser casar agora? A vida vai muito além de ter um namorado. Se seus planos para casamento ainda estão distantes, então foque nas coisas que você gosta de fazer, e no que quer cumprir antes de iniciar uma vida a dois. Iniciar um relacionamento sem ter a intenção de permanecer ao lado daquela pessoa é o golpe de maior crueldade que alguém pode dar.

Viaje com a família, dê muitos passeios com as(o) amigas(o), converse bastante, estude, se firme profissional e espiritualmente...e as demais coisas Deus te entrega no momento certo. Não se preocupe, Ele não vai atrasar nem um minutinho. Assim que chegar o tempo determinado, você terá sua benção. Não namore apenas pelo status, mas entenda que o casamento é algo mais sério, e deve ser visto de forma compromissada e responsável.

5- Você é um ser humano, e não um objeto inanimado


Muitas vezes fico achando ridícula a mudança de atitudes quando se trata de pessoas e animais. Nesse ponto decidi não colocar o nome "animal", porque atualmente muitos animais são tratados com mais amor do que os próprios humanos. Cachorro, gato...todos eles, apesar de serem animais irracionais, conseguem sentir o abandono e as consequências dos maus tratos dos humanos. E quem somos nós? Seres inferiores?

A mídia ensina os jovens e adolescentes que "ficar" não é errado, que é uma forma de se divertir e passar o tempo. Ou seja, usar e se deixar ser usado em troca de um momento prazeroso, que em pouco tempo será esquecido e substituído.

Trocar de roupa é natural, doar as antigas, jogar as inutilizáveis, trocar de telefone, mudar o corte de cabelo, comprar e trocar sapatos...são ações do nosso dia-a-dia. Mas não devemos confundir isso quando tratamos de relacionamentos. Você é valioso(a) demais para pertencer a qualquer um. Deus já tem a pessoa certa para entregar nas suas mãos, que vai te merecer e amar você do jeito que é. Nós não somos caçadores, somos ovelhas. E como ovelhas, devemos tomar cuidado com os "caçadores" interessados apenas na nossa lã. Deus nos criou para Seu louvor, e não para que outros se aproveitassem da sua criação e a profanassem.

"Sobre tudo o que se deve guardar, guarda o teu coração, porque dele procedem as fontes da vida." (Provérbios. 4:23)

Mas guarde o seu coração para quem vai te amar de verdade. Se você deseja um casamento abençoado, ao lado de alguém que seja um(a) verdadeiro(a) servo(a) de Deus, você também deve ser, deve se valorizar. E vai valer a pena, sim. Cada segundo que passou distante dele(a) vai valer a pena. Pode anotar aí. ;)
Confira aqui o primeiro post da Maratona:

7 comentários:

  1. Oii, tudo bom?
    Adorei o post, só li verdades!
    Um beeeijo,.
    Garota do Livro

    ResponderEliminar
  2. Como disse a Elaiine no comentário acima, "cada dia melhor". Hay, a vontade de Deus é perfeita (por mais que nós não a sigamos de maneira incansável) e cada um sabe o relacionamento que possui. Se agrada a Deus ou não. Eu fico até em silêncio sobre esse assunto, pois você sabe mais ou menos o meu tipo de relacionamento. Mas te digo que: concordo com tudo o que disseste. De verdade. E o que a bíblia diz é prego batido e ponta virada, queira quem quiser acreditar ou não. Continua orando por esta geração, porque como bem sabemos, vai de mal a pior. Jesus está voltando e que cada um preserve seu corpo para agradar primeiramente ao Santo de Israel. Eu poderia falar muitas coisas aqui, mas deixo para um papo mais pessoal contigo outra hora, hahaha. Grande beijo. Ps: continua orando, a carência é grande. Obrigado pelo post lindo <3

    Ewerton Lenildo - Viajante das Letras.

    ResponderEliminar
  3. Muito bom. Que Deus continue te abençoe.

    ResponderEliminar

1- Leia antes de comentar;
2- Comentários spam ou com palavrões serão excluídos imediatamente;
3- Deixe o link do seu blog no final do comentário para que eu visite;
4- Anônimos podem comentar, mas deixe o nome no final do texto, por favor. :D

Seguidores