22 abril 2015

# Tags

[TAG] Meus livros, ninguém sai


Cada dia me surpreendo mais uma vez com a grande capacidade de imaginação das pessoas. Mas não é que até uma tag literária eles fizeram com um dos vídeos mais famosos da internet? Merecem meus aplausos, porque nós blogueiros também gostamos de estar por dentro das novas tendências, certo? Eu achei super divertido e gostaria de partilhar com vocês. Queria indicar para fazer essa tag as lindas +Aczar Debyr - A beleza da simplicidade e +Ana Karla. Vou querer ler, viu?

1- "EI, COISINHA, VÁ DEVAGAR":
Sabe aquele livro que você devorou rapidamente? Qual foi ele?

de Augusto Cury

Apesar de ser um livro relativamente difícil de entender, eu amei a leitura! É um livro principalmente histórico, com uma inclinação para a autoajuda. Admiro o texto por ser uma forma de cativar mentes pensantes para a realidade de um dos episódios mais cortantes da história: o holocausto. Bem sei que o foco geral do livro não é o acontecimento em si, mas faz todo um contexto que deixa você realmente fixado no que será lido a seguir. Amei! Li em menos de uma semana.

2- "EU VOU ME SEGURAR AQUI":
Qual livro te prendeu?

Em seus passos, o que faria Jesus? - Charles Sheldon

Esse foi também um dos livros que mais me marcou. Literatura evangélica, com uma história muito interessante sobre intimidade com Deus e trabalho na sua obra. É uma forma diferente de praticar o discipulado. Se antes de cada decisão nos perguntássemos o que faria Jesus, o que mudaria nas nossas vidas? Estaríamos dispostos a perder para nos aproximarmos mais de Deus?


3- "SE EU CAIR EU QUEBRO A MINHA CLAVÍCULA":
Qual obra te desestabilizou emocionalmente?


Um livro que me fez chorar, me emocionar, sentir a dor do personagem principal...foi um dos melhores livros que já li. Às vezes nos sentimos inferiores de alguma forma por alguma coisa que achamos ser diferente de todos. Se é o peso, a forma do cabelo, o sorriso, o tamanho do pé. Somos ingênuos demais para achar que isso é besteira. Ao ler esse livro eu pude me deparar com o meu próprio preconceito, aquele que eu tinha contra mim mesma. Não sou de maneira nenhuma uma pessoa preconceituosa, mas estava sendo comigo. Chorei, sorri, e aprendi que não tenho nada do que reclamar. Auggie Pullman mudou para sempre a minha visão de mim mesma.


4- "MEUS ÓCULOS, NINGUÉM SAI!":
Qual livro você não empresta ou tem muito ciúme?


Mesmo tendo uma política tão rígida na hora de emprestar algum livro, eu empresto. Sim, parece loucura, mas depois de analisar por alguns anos, posso emprestar para uma pessoa responsável. O que seria alguém responsável? Leia as minhas regras no post [10 erros] Que viciados em livros não toleram. Apesar de tudo, há uma coleção de livros que eu nunca empresto. Em ocasião alguma. Passei oito anos da minha vida vivendo em Portugal. Ao longo desse tempo, colecionei algumas obras que muito estimo. Por volta de 60 livros. Por razões emocionais, eu prefiro emprestar os que comprei no Brasil, tenho muitos ciúmes dos meus portugueses. ♥♥ kkkk

5- "JULIANA, VOCÊ VIU MEUS ÓCULOS?":
Qual livro você emprestou e nunca mais viu na vida?


Acredito que meu cuidado desmedido com meus livros me permitiu não perder nenhum. Quer dizer, a verdade é que na viagem de regresso ao Brasil, um dos meus livros desapareceu. Os Maias, de Eça de Queirós. Literatura portuguesa. Sei que não custou nem quatro euros, mas valia muito para mim. É um pedacinho da minha segunda casa. rsrs. Pretendo voltar lá e conseguir outro volume do mesmo. Em relação a livros emprestados, eu dou um certo tempo, mas depois vou perguntando por ele. Já ouvi muitas histórias de livros que não voltam mais e não quero ser mais uma vítima. Não mesmo.

6- "JULIANA 'TÁ DES-MAI-ADA!!!":
Qual livro te deixou com ressaca literária, sem poder ler outros livros?

Ciclo da Herança - Christopher Paolini

Eu deveria me defender e dar uma desculpa decente para justificar o meu gosto pelo fantástico. Mas a verdade é que eu li essa coleção quando tinha treze, catorze anos. Não que eu acreditasse nessas criaturas, nunca acreditei, mas foram os livros que mais me deixaram grudada no papel. Tudo parecia novo, colorido demais e perfeito demais. Uma mistura de suspense, história, ficção, amizade, amor, família...o Ciclo da Herança esteve muito presente no meu dia-a-dia. rsrs Posso dizer que vivi realmente a história, porque em dados momentos eu me pegava pensando no que Eragon pensaria de uma situação, ou o que Arya diria da atitude de certa pessoa. Depois do Herança, demorei muito para poder reinventar a minha imaginação para outro estilo de escrita. kkk

7- "SHAMUCHAMOCHAMU CHAMA O SAMU!":
Que livro te deixou louco pela continuação?

O Colecionador de Lágrimas - Augusto Cury

Demorei algum tempo para perceber que a continuação dele era Em Busca do Sentido da Vida. Aliás, comecei por ler a continuação e depois li o primeiro volume. Um dos melhores que já li! Estou realmente pensando em ler novamente.

8- "EU ERREI, VIU"?:
Escreva aqui um pouco sobre aquele livro que você achou que seria uma coisa e é outra!

Morte Súbita - J.K. Rowling

Sinceramente? Eu achei que sairia alguma coisa mais ou menos boa da escritora que fez milhões de leitores pararem suas atividades e terminar os livros de Harry Potter. Quando me disseram que tinham lançado mais um livro dela, que não tinha nada a ver com mágicos e seres sem nariz, eu fiquei bastante empolgada. Pensei: "Vou dar uma chance..". Me desiludi sobremaneira. Não darei detalhes, mas deixarei aqui o link da minha resenha, caso tenham curiosidade.


E assim dou por encerrado mais um post. Espero que tenham gostado. Sintam-se à vontade para responder à tag como eu me senti. rsrs. Você já leram algum desses? O que acharam?

Sem comentários:

Enviar um comentário

1- Leia antes de comentar;
2- Comentários spam ou com palavrões serão excluídos imediatamente;
3- Deixe o link do seu blog no final do comentário para que eu visite;
4- Anônimos podem comentar, mas deixe o nome no final do texto, por favor. :D

Seguidores