21 abril 2015

Li até a página 100 e... #1: Armadilhas da Mente, Augusto Cury

Devo comentar mais uma vez sobre o meu prazer de ler os livros de Augusto Cury? Estou começando a construir o meu próprio 'império'  com os livros do autor. Dizem que os loucos se entendem. Neste caso, um psiquiatra deveria me entender na minha mente complexa, certo? Seja como for, estou em mais uma dessas leituras que me mantêm acordada grande parte da noite até que a última página seja lida. Muito obrigada, +Augusto Cury. (Curtida \o/)


ARMADILHAS DA MENTE
AUGUSTO CURY

PRIMEIRA FRASE DA PÁGINA 100:
"--- Pois não sei qual é o tipo de personalidade dela, mas parece que minha mulher é um cofre sem portas e muito menos chave.

DO QUE SE TRATA O LIVRO?
Como está escrito na capa da edição portuguesa do livro, "Um romance sobre a inteligência do coração". Camille é uma mulher detentora de uma das mais notáveis inteligências que já foram descritas nos livros que li. Com mestrado, doutorado e pós-doutorado em comunicação psicanalítica, a jovem senhora era capaz de manter debates acirrados com os maiores pensadores que você possa imaginar. Era perspicaz e sabia usar as palavras como ninguém. Defendia-se e atacava com as palavras. Uma mente brilhante. Até que, por uma razão aparentemente desconhecida, o seu intelecto começou a ser um problema para ela. Tinha transtornos obsessivo-compulsivos e adoecia aos poucos, fechada em si mesmo e nas suas verdades. Não admitia erros. Sua imaginação fervilhava de idéias, mas maltratava-a durante o sono, e mesmo acordada. Causava-lhe pesadelos extremamente realistas que matavam-na aos poucos por dentro.

O QUE ESTÁ ACHANDO ATÉ AGORA?
Faz algum tempo que eu não leio algo que incite a minha própria mente. Daquelas tramas inigualáveis das quais você não consegue se soltar, mesmo quando o livro acaba. Armadilhas da Mente tem colocado o meu cérebro a funcionar bem mais rapidamente nas horas em que fico acordada. É incrível como um personagem pode começar a fazer parte do seu dia-a-dia, ao mesmo tempo que lhe ensina fatos curiosos sobre a filosofia e modos de vida. Augusto Cury é um grande mestre com as palavras, não posso, nem devo negar. Um romance extremamente inteligente, salpicado de novos conhecimentos.

O QUE ESTÁ ACHANDO DA PERSONAGEM PRINCIPAL?
Às vezes imagino como seria ter uma inteligência tão sobrenatural, como Camille tem. Não invejo as suas posses, seus títulos, ou a fortuna que ela e seu esposo fazem crescer a cada mês. Mas admiro muito a sua capacidade de elevar o nível de um debate amador. Fico boquiaberta com seus argumentos e 'ataques'. Maravilhosa!

MELHOR CITAÇÃO ATÉ AGORA?
"... A dor que eu vejo está na periferia do espaço, a dor que eu sinto está no centro do Universo. É maior do que você entende e muito maior do que explico." - Página. 07

VAI CONTINUAR LENDO?
Sem dúvidas, só dei uma 'paradinha' para escrever o post e vou retomar a leitura daqui a pouco. Suspeito de que em menos de dois dias já tenha lido todo o livro. Recomendo muitíssimo.

ÚLTIMA FRASE DA PÁGINA?
"Muitas seriam as vítimas." (Não julguem o livro pela última frase, devem ler o contexto. Como essa era realmente a última frase, eu deveria ser fiel ao pedido. rsrs)

Sem comentários:

Enviar um comentário

1- Leia antes de comentar;
2- Comentários spam ou com palavrões serão excluídos imediatamente;
3- Deixe o link do seu blog no final do comentário para que eu visite;
4- Anônimos podem comentar, mas deixe o nome no final do texto, por favor. :D

Copyright © 2015 | Design e Código: Sanyt Design | Tema: Viagem - Blogger | Uso pessoal • voltar ao topo