04 janeiro 2013

# Bullying-fatos reais

Bullying-Fatos Reais (Nº1)


  O pessoal! Hoje vamos começar com a nossa série de fatos reais sobre o Bullying. Todo o mundo sabe do que se trata, não é nada novo na sociedade em que vivemos.
  E, para abrir com tudo a nossa nova tag, começarei por contar a minha história.
  Eu não tenho vergonha de admitir que já sofri bullying, e muito menos que ainda sou alvo dele. Não com a mesma força que antes, mas ainda há quem não me valoriza pela minha aparência.

  Moro em Portugal desde a quinta série, mas não foi aqui que começou tudo isto. Mesmo no Brasil, eu lembro que eu era excluída da maior parte dos grupos da escola, por ser 'gorda'. Eu não vou amenizar fatos nenhuns, porque a verdade era essa. Mesmo as crianças já pensavam desta forma: "Aquele é gordo, não merece a nossa atenção".

  Eu aprendi esta lição muito cedo. Descobri o lado pior das pessoas. Muitas que, à primeira vista pareciam pessoas simpáticas, que te aceitariam, mas que na verdade eram as primeiras a te deixar de lado.
  É certo que quando eu cheguei aqui, as coisas eram feitas na 'brincadeira'. Tudo para eles é brincadeira. É normal você ouvir: "Ah, a gente só 'tá brincando..". Algumas vezes é brincadeira, mas quando começa a persistir, você começa a sentir. É claro que aqueles que praticam o bullying acha que está na completa razão. «Não tem problema, ela é diferente de todos, e merece ser tratada de forma diferente».

  Quase ninguém sabe a minha parte da história. Ninguém procura saber se você se sente bem com o que dizem, ninguém quer saber do que você acha.
  Eu não tenho vergonha de admitir que já sofri bastante na escola. Já me chamaram de 'preta', na forma mais pejorativa que alguém pode imaginar, muitos ainda me ignoram só por não usar calças. Gente, no que é que isto influencia? Eu tenho o direito de escolher aquilo que visto, ninguém tem nada que pensar mal sobre aquilo que eu gosto!

  É engraçado como aquelas garotas que andam com quase tudo de fora, passam despercebidas. Já é normal, nada de novo.. Mas andar de saia, decentemente? Eu realmente não entendo o que vai na cabeça dessas pessoas. Depois de tanto tempo sofrendo calada, deixando que as coisas que me diziam me magoassem, eu deixei de me importar. Nada que você faça parece agradá-los. Você continua a ser aquela 'esquizitóide' que «está sempre de saia».

  Parece que não, mas eu oiço quando falam de mim. Eu vejo quando me olham com ar de desprezo, como se eu fosse uma coitada que não sei me dar valor. Muitos não sabem o que é estar deste lado, receber os insultos e permanecer calado, fingir que não viu, nem ouviu. Por isso continuam a excluir aquela pessoa que tem tanto direito de integrar a sociedade como eles. Ou até mais.

  Mas ainda há muitos que ainda não deixaram que a sua opinião fosse expressa. Há muitos que sofreram e sofrem muito mais. As palavras, os olhares, magoam tanto quando a violência física, e permanecem em nós ainda mais tempo.

  Não seja mais um, conte-nos a sua história. Se queremos mudar o mundo, se queremos que isto mude, devemos nos pronunciar. Eu já contei a minha história, não tenho medo de deixar isto exposto. É um orgulho saber que isto já não é um problema, que apesar de tudo, eu consegui ultrapassar. Há muitos que não conseguem. Afundam cada vez mais na mágoa.

  Não deixe que isto aconteça. Mande a sua história para profissao.adolescente@gmail.com e conte ao mundo, identificando se ou permanecendo anónimo.

    Faça a diferença!

9 comentários:

  1. Ótimo tema para ser tratado no blog, parabéns pela iniciativa ^^ Gostei muito de vir aqui, já estou seguindo, ok?

    Abraços,
    http://therevolucaonerd.blogspot.com.br/

    ResponderEliminar
  2. Acho bem legal blogs falarem desse assunto, e acho que quem pratica bullying um dia já deve ter sofrido né? Amei o blog


    http://newsdayoff.blogspot.com.br/

    ResponderEliminar
  3. ótima ideia de abordar o bullying no seu blog! realmente é triste ler este texto pois sabemos que essa é a realidade de muitas pessoas! mil perdões por não ter mais passado aqui!
    beijos!!

    ResponderEliminar
  4. Ao menos você está superando! Tomara que de tudo certo para você, beijos <3

    ResponderEliminar
  5. Este tema é muito chocante, uma pena é que muitas pessoas não levam a sério ! Muito boa sua ideia de fazer este post, tudo de bom pra você.

    <3 http://meujeitoimperfeito.blogspot.com.br/

    ResponderEliminar
  6. poxaaa amore uma pena vc ser julgada desta forma
    nada a ver
    gordinha ou magrinha ambas tem seu valor e quanto a usar saia ja me taxaram muito de velha por causa disso quando era criança pq como sou evangelica usava so saia saia saia
    hoje em dia uso calças
    mas fui acostumada a usa so saia e abaixo do joelho e todo mundo falava mal
    mas mesmo usando calça nos dias atuais acho feio mulher que usa roupas curtas
    eu uso do tamanho normal e sou absolutamente decente
    me chamavam de velha e crentinha, crente do cu quente e um monte de coisa sem contar que eu embora nao considere bullyng como vc sabe pq eu comentei nao sei se vc lembra tive dias péssimos na escola que duraram até mais ou menos até a setima parou por um tempo e voltou no meio do primeiro ano
    enfim sei la
    acho que se eu me decidir irei enviar o que passei mas nao acho certo pq nao considera-va isso bullyng
    vou pensar....

    radiopires.blogspot.com

    ResponderEliminar
  7. Ótimo tema para ser abortado^^
    http://worldsweett.blogspot.com.br/
    Visita? ~Beijos

    ResponderEliminar
  8. Ainda dá tempo de enviar minha história?

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Pode sim,esteja à vontade. :)
      É só mandar para profissao.adolescente@gmail.com

      Eliminar

1- Leia antes de comentar;
2- Comentários spam ou com palavrões serão excluídos imediatamente;
3- Deixe o link do seu blog no final do comentário para que eu visite;
4- Anônimos podem comentar, mas deixe o nome no final do texto, por favor. :D

Seguidores