06 novembro 2012

Histórias de Amor



 Desde o momento em que eu comecei a perceber o que era realmente o amor, eu 'viciei' em histórias de amor e poemas escritos em momentos apaixonados. Gostava muito de ler aqueles romances adolescentes, infantis e amores não correspondidos. Mas os que mais me fascinavam eram amores que terminavam em cenas trágicas. Parece que quando o amor não é correspondido, o poema leva alguma desta tristeza para quem o lê. É uma forma de liberar os sentimentos que afligem a tua alma de forma impiedosa.
  E como explicar este fascínio por tragédias? Desde sempre isso existe entre os humanos. Não há forma de descrever esta sensação, mas você se encaixa mais com a personagem, quando esta sofre por alguém que ama muito. Há forma de explicar?
 É claro que quando somos nós que sentimos na pele a rejeição de alguém que fazia o nosso mundo girar a todo o instante, é bastante doloroso. Se for poeta, você já sente a dor em cada letra expressa, em cada palavra que já foi solta e deixa um espaço vazio dentro do seu peito.
  Mas este vazio já existia, ou não? Ele devia ser preenchido por um amor que nunca foi correspondido, por alguém que não deu a mínima aos seus sentimentos. Um espaço, uma lacuna muito difícil de ser preenchida.
  É muito fácil ler um poema, quando não se sabe o que a pessoa estava sentindo quando a escreveu. É muito fácil quando não é você que sente. E como é fácil desistir da leitura e partir em busca de horizontes mais 'risonhos'. E quem o sente? Terá ele a mesma facilidade de largar um sentimento já semeado e continuar a viver como se nada tivesse acontecido? Como se do amor daquela pessoa dependesse toda a razão da sua existência?
  Ler é muito fácil, sentir já é outra coisa. Quem nunca sentiu que não vale nada para o mundo, que se desaparecesse ninguém sentiria a sua falta, não sabe do que falo. Muitos falam que é horrível não ser correspondido. Falam todos com um ar de entendido, como se de tudo soubessem. Não é por ter lido alguns livros e visto alguns filmes que você sabe como é sentir isto na pele.
  Por trás de grandes histórias de amor está uma grande realidade. Na maior parte das vezes, tristes. E quem disse que só por isso não gostamos mais delas?
  Cada vez mais você se identifica com aquelas histórias que falam de pessoas que por mais que tentassem, não conseguiam atrair a atenção da pessoa que amava.
  Acorda para a vida, princesa! Já não estamos em contos de fadas, onde o príncipe estava reservado desde a sua nascença à uma princesa, e que nenhuma outra conseguia roubar-lhe o coração.
  A verdade atual é outra! Chega de viver ilusões e abre os olhos para o mundo que te acolhe. Se você está disposta a amar, deve estar disposta a enfrentar e suportar todas as consequências que aparecem. Não que estas consequências não valham a pena quando você ama de verdade, mas nunca devemos desviar dos nossos objetivos por meros empecilhos.
  Ame! Aproveite a vida ao máximo! Dê a você mesma momentos inesquecíveis. Nunca perca bons momentos, eles podem ser os últimos.

       Hayanne Deise Lins

14 comentários:

  1. Ahhh o amor!!! <3 sou uma pessoa completamente apaixonada, e amo facil rss
    bjao flor ;)

    Aninha
    www.coisasdaaninha.com.br

    ResponderEliminar
  2. Respostas
    1. ^^. Foi uma amiguinha minha que faz lays gratuitamente. ((:
      Amanhã eu posto aqui o nome dela, tudo arrumadinho. xd

      Eliminar
  3. Oi, mudei a cara do meu blog kkkk . Visita la e responde a enquete ? Desde ja agradeço. Beijos
    http://bhulago.blogspot.com.br/

    ResponderEliminar
  4. Prontinho ..
    Agora segui linda c:
    Pode seguir o meu ?
    beijos

    ​​http://teensatitude.blogspot.com.br/​

    ResponderEliminar
  5. Aiin, que lindo, tô solitária de um amor! kkk
    ~~ besos
    Bruna.
    Garota da Lua // Official

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Kkk, não sabia que isso existia! xd
      Bjs

      Eliminar
  6. Muito legal o texto. Acho que poemas , tramas que envolvem amorem sofridos sempre rendem mais. Mais...é a vida. Não existe nada perfeitinho. Ameii o texto.
    Beijos!
    Paloma Viricio- Jornalismo na Alma

    ResponderEliminar
  7. Amei essa reflexão, conselho... É bem a minha cara. E eu sou muito romântica, amo histórias de romance juvenil, e, nesse caso, as tragédias amorosas acabam quase me fazendo chorar (se bem que às vezes, dependendo a história, eu realmente choro...).
    Bjos...

    - SammySacional -
    - Dando Uma de Escritora -

    PS: Lindo blog! ^-^

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. kk. obrigado. é bom saber que você gostou! ((:

      Eliminar

1- Leia antes de comentar;
2- Comentários spam ou com palavrões serão excluídos imediatamente;
3- Deixe o link do seu blog no final do comentário para que eu visite;
4- Anônimos podem comentar, mas deixe o nome no final do texto, por favor. :D

Copyright © 2015 | Design e Código: Sanyt Design | Tema: Viagem - Blogger | Uso pessoal • voltar ao topo